Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Espinheira Santa Oganica - 30g   Nome científico: Maytenus ilicifolia   Família: Celastracea   Sinônimos: Folha santa, divina, espinheira divina, espinheira de Deus, espinho de Deus, pau josé, salva vidas, sombra de vaca, sombra de touro, cancorosa, cancerosa, cancrosa, congorça, marteno   Partes utilizadas: Folhas   Modo de preparo: Adicionar 1 xícara (250ml) de água fervente sobre 1 colher de chá (5g) da erva, tampar, deixar em repouso por 5 minutos e coar. Então, estará pronto para
Kampo de Ervas
Product ID: 1661
Product SKU: 1661
New In stock />
Espinheira Santa Organica - 30g

Espinheira Santa Organica - 30g

Marca: Kampo de Ervas
Ref: D08JS2XA
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Espinheira Santa Oganica - 30g

 

Nome científico: Maytenus ilicifolia

 

Família: Celastracea

 

Sinônimos: Folha santa, divina, espinheira divina, espinheira de Deus, espinho de Deus, pau josé, salva vidas, sombra de vaca, sombra de touro, cancorosa, cancerosa, cancrosa, congorça, marteno

 

Partes utilizadas: Folhas

 

Modo de preparo: Adicionar 1 xícara (250ml) de água fervente sobre 1 colher de chá (5g) da erva, tampar, deixar em repouso por 5 minutos e coar. Então, estará pronto para ser consumido.

 

Contraindicação: Lactantes devem evitar consumir o chá em excesso, pois pode diminuir a produção de leite.

 

Curiosidades: A espinheira santa é uma planta arbustiva nativa do sul do Brasil, de até 5m de altura, caule lenhoso, folhas denteadas com espinhos, pequenas flores de cor creme e frutos vermelhos. Sua ocorrência é mais generalizada nos sub-bosques úmidos, nas beiradas de matas de araucária, nos capões e em matas ciliares onde o solo é rico em matéria orgânica, com umidade de média a alta. Em Santa Catarina é encontrada principalmente no planalto e na Mata Atlântica de altitude.É muito utilizada pelos índios brasileiros e em vários países da América do Sul. Amplamente utilizada pela população, ficou conhecida no meio científico em 1922, quando Dr Aloizio França, da Faculdade de Medicina do Paraná, relatou o sucesso obtido com a planta para o tratamento de úlceras gástricas crônicas.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.